Não dê o que você tem de melhor já no primeiro encontro (Calma pessoal, é só uma poderosa técnica de venda)


12 Mar
12Mar


Se tem uma coisa que muitos vendedores fazem repetidamente e que me dá calafrios é dar a sua melhor condição logo de cara. Ou seja, sua melhor condição de preço e prazo logo na primeira tratativa. E o pior, na maioria das vezes fazem isso de forma inconsciente ou achando que assim terá mais chances de “garantir” a venda, ou seja, total falta de treinamento.

Vou explicar melhor: você está no meio da negociação e o cliente pergunta: Quanto ‘tá’?

O que a maioria dos vendedores responde? - R$299 reais... mas posso dar 5% de desconto e faço em até 6x sem juros.

Ok, pode ser até que o cliente feche a venda. Se ele já conhece seu produto e sua marca realmente isso é possível, mesmo que improvável.

Mas se o cliente não quiser fechar, já que não teve a sensação de vantagem (pois percebeu que 5% de desconto e 6x sem juros é algo que você dá para todos os seus clientes), você nada poderá fazer, pois já deu tudo que tinha e ficou sem margem pra negociar.

Quando o cliente perguntar quanto custa, fale o preço CHEIO e feche a boca. Deixe o cliente pensar e falar algo primeiro.

Se ele falar que ‘tá’ caro e pedir desconto, aí sim comece uma defesa de valor e negociação.

Não dê sua melhor condição logo de cara. Dê o preço cheio e, mostrando certa resistência, vá flexibilizando. O Cliente se sentirá importante e terá a sensação de vantagem necessária para concluir a compra.

Primeiro ofereça em 3x sem juros. Se não adiantar, ofereça um desconto, sem chegar ao máximo de desconto possível.

Brindes caem que nem uma luva nesses momentos.

Faça seu cliente se sentir importante. Desconto precisa ser algo exclusivo. Passe a sensação de vantagem. Não seja assim tão fácil.

Simples assim.

#SemDesculpasVamosVender

Abraços do amigo, LF.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.